Alpinia purpurata

AdobeStock_275213829.jpeg

Características

  • Nome Científico: Alpinia purpurata

  • Nomes Populares: Alpínia, Gengibre-vermelho

  • Família: Zingiberaceae

  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Flores Perenes

  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical

  • Origem: Ásia, Indonésia, Oceania

  • Altura: 1.2 a 1.8 metros

  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno

  • Ciclo de Vida: Perene

Toque Tropical

De porte médio, a alpínia é uma planta que combina muito bem com paisagens tropicais. Produz inflorescências belíssimas, com flores pequenas de coloração branca e brácteas vermelhas ou róseas, em hastes eretas. As folhas são ornamentais também. Muito rústica, esta planta também é utilizada como flor de corte.

827d55ff-b2f4-4f65-8fd5-a32de44ae7fa.JPG
538a4894dae82.jpg

Frio? Tô fora!

Assim como outros gengibres, esta planta aprecia solos ricos em matéria orgânica e irrigados regularmente. Deve ser cultivada a pleno sol ou meia sombra. Multiplica-se por mudas que se formam nas brácteas ou por divisão das touceiras, tomando o cuidado de deixar uma boa parte de rizoma e folhas com cada muda. Não é resistente ao frio.

 
alpinia_600x600_4.jpg

Como cultivar alpínia

O primeiro passo é escolher o local certo. Uma área de sol parcial e bem ventilada, regiões com umidade relativa do ar alta levam vantagem. Já o solo precisa ser enriquecido com material orgânico que pode ser esterco animal, húmus ou composto vegetal. Também é necessária arar bastante o solo para descompacta-lo, pois a alpinia possuí o caule subterrâneo (rizoma) e não vai desenvolver bem um solos compactados. Depois é só plantar e curtir sua muda crescendo.

Como utilizar alpínia no paisagismo?

A alpínia forma touceiras densas, ótimas para o uso em canteiros, geralmente como elementos de fundo. Podem ser utilizadas como bordaduras de muros para quebrar um pouco a monotonia da alvenaria, também pode ser usada como cerca viva, se tiver bastante espaço disponível. 
A flor também é muito utilizada como flor de corte, pode ser cortada com uma faca ou tesoura bem afiada, e colocada em um recipiente com água, vai embelezar sua casa com aquele ar tropical por pelo menos uma semana.

alpinia-purpurata.jpg
alpinia_600x600_1.jpg

Como assim? Esse belíssimo espigão vermelho intenso não é a flor?

Exatamente, mas calma, vamos explicar. Fisiologicamente, as flores são o mecanismos de reprodução da planta e possuem diversas classificações, que não são importantes nesse momento. Já as brácteas são estruturas presentes em algumas classes de plantas (angiospermas) que tem a função original de proteger as flores em desenvolvimento. Assim, se você olhar bem de perto vai ver a flor da alpínia. De qualquer forma, o importante é que a planta inteira é uma explosão de beleza tropical.


Fontes: jardineiro.net / projetojardinando.com.br